Cidadania Italiana: Como encontrar o registro de chegada do antenato? - Sua Cidadania Italiana

Cidadania Italiana: Como encontrar o registro de chegada do antenato?

O Brasil é um país construído a partir de imigrantes, e por isso, muitas pessoas possuem descendência europeia. Essas, podem em tese, ter o seu reconhecimento de cidadania por parte dos países de origem de seus antepassados. E se você possui ascendência italiana, saiba que a Itália é um dos lugares mais liberais, levando em consideração suas políticas de reconhecimento de cidadania. Hoje vamos mostrar alguns caminhos para encontrar o documento do antenato.

Para ser um cidadão do país, é necessário ser descendente de um italiano nato, sem que hajam limitações geracionais. Para estar fazendo a solicitação de reconhecimento, o governo exige a apresentação de alguns documentos que possam comprovar a sua descendência e é aí que as dificuldades começam.

Muitas famílias possuem todo o seu histórico ancestral muito bem organizado, com documentos devidamente guardados e em boas condições. Porém, alguns (talvez a maior parte) descendentes de italianos mal sabem quem foi o seu ancestral e por isso, não possuem qualquer tipo de registro documental que possa ser usado no processo de reconhecimento.

Nesses casos, é preciso fazer uma verdadeira investigação do passado de sua família, encontrando as certidões necessárias para que você possa se reconhecido como cidadão italiano. Perante esse cenário, muitas pessoas ficam perdidas por onde começar e nisso que este texto lhe ajudará.

Abaixo, comentaremos um pouco sobre como é possível encontrar o registro de chegada de seu antepassado, além de algumas dicas úteis pra você que está procurando as devidas certidões para dar entrada ao seu processo.

Siga lendo e confira!

Reconhecimento de cidadania italiana

A legislação italiana estipula que os filhos de cidadãos do país, ainda que nascidos em território estrangeiro ou sem o sobrenome italiano, também são considerados legítimos cidadãos da Itália.

Sendo assim, aqueles que possuem ascendentes italianos, podem entrar com um processo de reconhecimento de cidadania, sendo considerados italianos como aqueles nascidos no território do país.

São os casos que podem solicitar o reconhecimento:

  • Ancestral de origem paterna: os filhos de italianos, também são considerados pelo governo do país como cidadãos legítimos da Itália;
  • Ancestral de origem materna: para os filhos nascidos após 1 de janeiro de 1948, são italianos legítimos. Para aqueles que nasceram de mãe italiana antes dessa data, é necessário dar entrada ao processo por vias judiciais para se obter o reconhecimento de cidadania.

 O que é antenato?

Bom, a primeira coisa que você precisa saber é o que significa a palavra “antenato”.

Os termos utilizados no processo de reconhecimento de cidadania italiana nem sempre são tão simples assim e é por isso que, ao se deparar com esse tipo de palavra, algumas pessoas fiquem sem saber do que se trata.

Basicamente, o termo “antenato” significa “antepassado”, ou seja, qualquer tipo de pessoa que tenha um ascendente italiano em linha reta, tais como pai, mãe, avó e por aí vai.

Aqueles que vieram antes de você, na árvore genealógica são conhecidos como “antenati”.

Antenato
Milhares de italianos chegaram no início do século passado. Estima-se mais de 30 milhões de descendentes no Brasil.

Encontrando o registro de chegada do antenato

Enfim, para encontrar algumas informações a respeito da chegada dos seus ancestrais em território brasileiro, é necessário realizar uma pesquisa ampla e criteriosa.

Uma ferramenta interessante para isso é o CISEI. Nela, você digita o nome e sobrenome do seu ancestral e tem informações sobre ele.

Com ela, você pode marcar a opção de país de destino do imigrante italiano, fato que já funciona como um filtro bem interessante para a sua pesquisa, deixando ela bem mais objetiva e limitando o banco de dados.

Uma dica: caso não encontre diretamente o nome que você digitou, tente variações. Lembre-se que, ao chegar no Brasil, muitos dos imigrantes tinham a grafia dos seus nomes alteradas, uma forma de “abrasileirar” essas nomenclaturas italianas.

Além da CISEI, o portal Centre Altreitalie também oferece algumas informações sobre os imigrantes italianos que desembarcaram em portos de países americanos, como é o caso do Estados Unidos, da Argentina e do Brasi.

Nesse caso, diferentemente do buscador, o portal exige que você faça um cadastro simples no site antes de fazer sua pesquisa, com um serviço completamente gratuito. O banco de dados tem muita informação útil e é ótimo para se deparar com dados a respeito da chegada dos imigrantes italianos no final do século XIX e o início do XX.

Encontrar os documentos pode ser sua porta de entrada ao universo italiano!

Registro de chegada no Arquivo Nacional

Caso você ainda não consiga encontrar as informações que precisa utilizando as ferramentas citadas anteriormente, saiba que é possível ter mais informações sobre o desembarque de seu antepassado através do arquivo nacional.

Lá, você poderá pesquisar qual o navio e quando os seus ancestrais chegaram em território brasileiro.

Usando o Google

O Google é uma ferramenta muito poderosa na realização de qualquer tipo de pesquisa, desde as mais básicas, até as mais complexas.

Muitas pessoas usam o Google para encontrarem mais informações sobre seus antepassados, mas vale ressaltar que é preciso ter atenção com as fontes das informações encontradas.

Há diversos casos de pessoas que conseguiram encontrar dados sobre seus ascendentes apenas pesquisando por seus nomes no Google. É possível que alguém tenha feito um post sobre ele ou então porque o nome pesquisado se encontra em plataformas como a MyHeritage.

Notícias também podem ser fontes de informações interessantes que te levem a outros dados, sendo muito úteis na pesquisa.

Uma ampla pesquisa

Mesmo que pareça um pouco abstrato de início, é preciso ter em mente que, quando você dá início ao procedimento de solicitação de cidadania, terá que ter em mãos todas as certidões dos antepassados que ligam você ao ancestral italiano.

Dado isso, não espere uma pesquisa tão simples. Porém, a internet oferece ferramentas gratuitas que ajudam na montagem da árvore genealógica e também no acesso de informações essenciais para saber quem foi, onde viveu e para onde foi o seu ascendente.

Também vale citar que existem serviços que podem ser contratados, tanto para o auxílio na busca das certidões, quanto também para a entrada do processo de solicitação junto ao consulado.

Sites para pesquisar chegada de italianos

Gostou das dicas para encontrar o seu antenato? Deixe sua opinião nos comentários.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *